Você está em: Home > Economia > TED e DOC

TED e DOC

teddoc

Cada vez mais as pessoas buscam agilidade e segurança no seu dia-a- dia. Quando se fala em transferência de dinheiro duas ferramentas foram criadas para suprir essas necessidades. O Documento de Ordem de Crédito (DOC) e a Transferência Eletrônica Disponível (TED) aceleram a movimentação de dinheiro entre duas pessoas ou duas contas diferentes da mesma pessoa e evitam a necessidade de sair pelas ruas com dinheiro, mas têm diferenças.

O DOC é uma ferramenta para transferências no valor de até R$4.999,99 sendo debitado na hora mas creditado na conta do beneficiário em outro dia. Os horários para a transferência variam de banco para banco mas geralmente se feitas até as 21h59 o valor entra no dia útil seguinte, caso seja feita após esse horário, nos finais de semana ou em feriados, o DOC é agendado para o segundo dia útil. Por não ser uma movimentação em tempo real pode ser cancelado, mas sempre de acordo com as normas do banco.

A TED surgiu para suprir a lacuna das movimentações com valores acima do limite máximo do DOC mas desde 2016 o emitente pode transferir qualquer valor. Outro diferença básica em relação ao DOC é quanto ao tempo de conclusão da movimentação. Se realizada até às 17h (horário mais utilizado, varia entre os bancos) a operação é feita em alguns minutos, caso seja realizada após esse horário, é concluída na manhã seguinte. É devido a essa rapidez que a TED não tem como ser cancelada. O Banco Central não estipula valores para tarifas e portanto essas variam de banco para banco. Pesquisamos as taxas do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander e Itaú e todos cobram o mesmo valor para TED e DOC. A diferença ficava entre as transferências presenciais (mais cara), autoatendimento e pela internet (mesmo valor e mais baixo) variando entre R$16,60 e R$18,79; R$8,65 e R$9,55
respectivamente.

Leave a Reply

Copyright © 2021 Diferença Entre. Alguns direitos reservados.
Avenida Paulista, 742 - São Paulo / SP - CEP 01310-000.