Você está em: Home > Gerais > Cortinas e Persianas

Cortinas e Persianas

Por: Leticia Remiggio*

Não sei se vocês já se perguntaram sobre isso, mas alguém sabe quais são as diferenças entre cortinas e persianas? Há quem acredite que as duas são iguaizinhas, outros irão dizer que apenas o nome é que muda, o que se sabe de verdade é que ambas são essenciais para qualquer ambiente. Veja abaixo quais diferenças existem entre as duas peças.

Cortinas

A ideia de criação desse acessório tem origem oriental. Posteriormente  difundida na Europa, sua evolução foi gradativa e de certa forma, lenta. Elas só se desenvolveram na época do Renascimento, bem como noções estéticas mais apuradas da simetria e das cores. Desta forma, as cortinas começaram a ganhar novos tons e formatos. Este período fez com que as cortinas se tornassem adornos da realeza, se propagando em larga escala, e a nobreza logo fez diversas adaptações da peça, utilizando outros tecidos importados como a seda, por exemplo.

Características

  • Fabricadas a partir de tecidos;
  • As cortinas agregam mais valor estético ao ambiente;
  • Oferecem mais versatilidade, pois une em uma peça só a ideia de ser um artigo decorativo e trazer a funcionalidade de diminuir a luminosidade do ambiente;
  • Traduz um estilo mais clássico de decoração.

Persianas

A arte de decorar as janelas com esse tipo de adorno nasceu há bastante tempo atrás com os egípcios, igualmente como as cortinas. Precursor da linha de acessórios dessa natureza, a invenção – que desde sempre teve como uma das funções principais diminuir a intensidade da luz do ambiente – primeiramente foram confeccionadas com materiais mais rústicos como o junco e o bambu.

Há uma teoria diferente sobre a história das persianas que diz que sua invenção aconteceu por acaso, e não propositalmente, como se costuma pensar. Conta-se a história que o criador das cortinas foi o engenheiro Pierre Le Fou. A ideia nasceu da necessidade de redirecionar o movimento das águas de um riacho próximo à casa do seu pai. A partir daí, foi criada uma maquete feita de madeiras reguláveis, sua mulher a colocou pendurada na janela para secar. Viu-se então que essa estrutura podia ajudar na retenção da luz que penetrava na casa. O nome persiana foi em homenagem ao engenheiro Pierre, já que seu apelido era “persi”, ficou então, chamada de persiana.

Características

  • Geralmente são fabricadas a partir de uma estrutura de madeira;
  • Os modelos permitem a regulagem de entrada da luminosidade pela passagem de luz em suas lâminas;
  • Atualmente possuem aparência mais moderna (pois hoje em dia são confeccionadas a partir do domínio de novos materiais desenvolvidos especialmente para esse fim);
  • • São teoricamente mais fáceis de limpar – basta passar um pano com água ou algum produto de limpeza para dar uma geral na peça.

*Leticia Remiggio é graduanda em Comunicação Social – Habilitação em Publicidade e Propaganda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM) e redatora na agência de marketing digital EX2.

Termos de busca comuns:

diferenca entre cortina e persiana, diferença entre cortinas e persianas, qual a diferença entre cortina e persiana, diferença entre persiana e cortina, diferença entre persiana e veneziana, persiana e veneziana diferença, diferença persiana veneziana, persiana veneziana, diferença de persiana e veneziana, qual a diferença de cortina e persiana

Tags: , , ,

Leave a Reply

Copyright © 2017 Diferença Entre. Alguns direitos reservados.
Avenida Paulista, 742 - São Paulo / SP - CEP 01310-000.